Novamente

0Comentários
No ato eu afino
acompanho e desalinho
arrepio ao olhar pra trás

caindo de desilusão novamente
após lamber a ferida novamente
vomitar e comer o mesmo lamento novamente

Jogo do Amor

1 Comentários
O amor é um jogo
avance duas casas
tire suas asas
jogue os dados
jogue o laço
amarre as pernas
leia as cartas
sorte ou revés
imagem ou ação
imaginação
game amor
me ganhe amor.

Enseada.

0Comentários
No riacho
Eu não vi a luz manter
o sol
a diversão

luz quebrada
olhos em fuga
por pouco lutar
olhos cantando ajuda

Enseada

0Comentários
in the creek
i don't saw the light keep
the sun
the fun

broken  light
eyes in escape
almost fight
eyes singing help

Alright

0Comentários
Alright
You never be mine
never be my happiness in skype
never be my shine
my light

take my poetry
take my cry
because, i don't crying  for me
I crying for whom never be mine

Devaneio

7Comentários


Quando ela desfila
exalando poesia
a mente se destila
e confunde sentimentos

Se afoga em uma mar abstrato
enrola-se entre laços e trapos
que mesmo invisíveis
impedem de caminhar

Olhos sangrando
A caneta chorando palavras no papel
A visão turva apenas acompanha os borrões que vê

Não enxerga os versos
Mas os sentimentos concretos consegue sentir
E ao final de tudo, rasgo a folha, amassa, e apenas sorri.

Resumo em F

1 Comentários
Faria diferente se tivesse a chance
Feriria menos meus pensamentos
Ficaria satisfeito com o resultado.
Fantasiaria menos!

Dualidade

2Comentários

Consegues fazer-me ficar pensativo
consegues tirar-me do sério
Atira em mim emoções
Arranca de mim sentimentos

És assim,
Duas substâncias,
Dois princípios,
Duas naturezas.

És dualidade.

CAMPANHA NO Captcha

0Comentários

por: http://cchamun.blogspot.com.br

Começo do Fim

4Comentários
Curvei-me para pegar o que tinhas a me oferecer
mas recuei com medo de entorpecer
firmei-me em minhas convicções
afastando-me das sua ilusões

encontro e confronto com más lembranças a todo momento
memórias simplórias se vão
sinais do esquecimento
fim da depressão
começo da cicatrização do coração.

Stay stronger

0Comentários

Surpresa

4Comentários

Meu primeiro dia de aula uma escola pequena no interior da capital de minas gerais, onde eu tinha acabado de me mudar.
Consegui descer do carro e ir até o portão estreito da escola, onde só há como passar uma pessoa por vez. Com esforço, passei pelo portão e pelo moço da recepção. Logo chegou a inspetora para me auxiliar a achar minha classe nova.
Quanco estavamos indo em direção à nossa classe, percebi uma algazzara no fim do corredor.
Alunos, professores e inspetores correndo na minha direção, procurando a  saída da escola, pois a comida da cantina estavam ganhando vida.
Derrubaram minhas muletas.

Separação

0Comentários

Você sabe o quanto doí a separação?
Não o tanto quanto eu sei
Pois você não teve a noção
do desespero que passei

Minha história eu vou contar
nos versos abaixo
em que está prestes a ler.
e um pouco da minha vida
você poderá compreender

Minha vida era perfeita
era um parque de diversão
Mas da noite pro dia
se tornou em maldição

Meus pais se separaram.
Era o fim de uma história de amor
Minha vida ficou parada
Pensei que fosse um pesadelo ou um filme de terror.

Eu não entendo até hoje
o ocorrido para tal separação.
Não sei nem os motivos,
muito menos por qual razão.

Por muito tempo fiquei deprimido
me escondi na minha solidão
Vivendo entre um e outro
Muito machucado estava o meu coração.

Sozinho no meu quarto
tive uma ideia genial
graças a um tópico na internet
que ví em um fórum que eu achava muito legal

Resolvi criar um blog
para contar como estavam os meus sentimentos
escrevendo digitando nele cada o que passava na mente
e detalhando todos os meus sentimentos

Tudo sobre a minha vida
eu estava desabafando
e pouco a pouco eu estava percebendo
que a dor e a solidão que eu sentia estava se acabando

Descobri um dia, que os mesmos problemas que eu tinha
estavam ocorrendo na vida do meu vizinho
então com minha expêrienca já vivida
fui lhe fazer um favorzinho

Lhe dei dicas e conselhos
para lidar com a situação
lhe expliquei o quão é difícl
entender o coração

Mas além do nosso papo
algo de especial vem sendo brotado
sinto me atraída por ele
e acho que ele também por mim está apaixonado

Iremos viver esse romance
que está por nascer
alías, é uma oportunidade
para os problemas vividos, esquecer.

Melancolia e Cólera

1 Comentários
Desfiz meus planos
Fragmentei meus sonhos
Planejei tudo pra nós dois.
Mas foi em vão
pois não havia a sua aprovação

Quem destruiu minha vida foi eu
Rasguei as páginas do meu viver
Quem destruiu minha vida foi eu
Mas o motivo foi você

Me alimentei de Augusto dos Anjos
Tatuei na minha alma a melancolia,
a cólera é minha refeição rotineira

Procura imaginar meu futuro
mas não vejo nada.
Nada claro ou na penumbra
Debruço-me sobre o meu passado e descarrego
todo o peso que constantemente pesa sobre mim
Tenho medo.
Medo de mim
Medo de tí

Quem destruiu minha vida foi eu
Rasguei as páginas do meu viver
Quem destruiu minha vida foi eu
Mas o motivo foi você

No momento...

1 Comentários
No momento...
não há sentimentos
não há razão nem emoção
acabou a melancolia
acabou o dia...

No momento...
está escuro o que era reluzente
o olhar fixa apenas o horizonte

No momento...
Não há espera
não há partida
não há memórias
não há vida 

Carry on

1 Comentários
"Carry on" traduzido para o português significa CONTINUE, ou SIGA EM FRENTE.


Mente simplória
Nada muda o seu caminho
Não feche os olhos, pois a solidão torna-se a lei
de uma vida sem significado

Siga os seus passos e você descobrirá
que os caminhos desconhecidos estão na sua cabeça
Não precisa de mais nada além de seu orgulho
para chegar lá.

Procurando incessavelmente, lutando até sermos livres
Voar além da borda do mar
Sem joelhos dobrados, sem fingimento
De alguma forma ainda continuamos

Continue meu filho desobediente
Haverá paz quando você estiver terminado
Coloque sua cabeça cansada para descansar
Não chore mais

Silencie seu medo, temos que ir mais além
Desbloquear as estrelas no céu
Que protegem a todos nós
Batalhe contra a vontade daqueles que conspiram
Traga de volta a paixão de viver
Acabe com o sofrimento

Porque nós somos
Somos estrelas brilhantes
Somos invencíveis
Nós somos quem somos
Em nosso dia mais escuro
Quando estamos longe
Então, nós viremos
Nós vamos encontrar nosso caminho de casa

Se você está perdido e sozinho
Ou você está afundando como uma pedra
Continue
Deixe passado ser o som
De seus pés sobre chão
Continue




Carry On Wayward Son- Kansas

Carry On-FUN

Carry On- Angra

Carry On-Avenged Sevenfold

Observação: O texto é um recorte das letras das músicas.

A pedra de Drummond

2Comentários
No meio do caminho tinha uma pedra
Tinha uma pedra no meio do caminho
e eu todo bobinho
não desviei.

Tropecei e caí de cara no chão
Continuei bobo,
mas com uma ferida no coração
a ferida não quer sarar,
permanentemente insiste em sangrar.

O que há de errado em mim?
Se eu desviasse seria frouxo.
Mas se eu pisasse em cima seria tolo.

De um jeito ou de outro a pedra iria me atingir...

No meio do caminho havia uma menina
Tinha uma menina no meio do caminho,
e eu todo bobinho
olhei-a nos olhos.

Me apaixonei e embarquei nessa paixão
Continuei bobo,
mas com uma ferida no coração,
a ferida não quer sarar,
permanentemente insiste em sangrar.


O que há de errado em mim?
Se eu desviasse seria frouxo.
Mas se eu não percebesse a presença dela seria tolo.

De um jeito ou de outro eu iria me apaixonar por ela.

Espero

2Comentários

Espero isso passar
espero que isso passe
espero que desfaleça
espero que desapareça
espero que minha alma cresça
e meu coração reconheça
que antes de qualquer coisa
deva pedir permissão
antes de enlouquecer
antes de sentir
antes de amar...

Romance

3Comentários

Gostaria de pegar um livro de romance
e viajar nas linhas do amor que o bendito escritor
teve a sorte de transcrever no papel
talvez ele tenha sentido tudo aquilo
talvez ele tenha escrito aquele romance pra mim
mas não diretamente pra mim
o destino quiz que fosse pra mim

Em cada palavra há um sentimento
que transcorre por meus olhos
e o coração capta cada sentimento
e transforma em choro tudo o que é lido
pois o que tá escrito
era pra na verdade, ter sido real
o romance sempre estará escrito
mas nunca haverá um ponto final.

Ditadura

1 Comentários
Foto:disneymania
No cartaz há uma moça valente
armada até os dentes
com seu arco e flecha

Os superiores querem o cartaz arrancar
Acabando com sua participação
na decoração do lugar

Mas é só um cartaz!
Os verdadeiros monstros
estão na matérias da TV e dos jornais.


*Poema criado após minha mãe querer tirar da parede do meu quarto esse cartaz do filme, alegando que é coisa do demônio, porque a flecha está apontando pra minha cabeça.

A Batalha

0Comentários
Sem armas,
amarras ou algazarras,
Sem tiros
esguichos ou pingados
Nada que vem fica vivo
logo volta ao seu passado
nada que vem fica
ou volta ao pó, ou vira carniça

Assim será essa eterna batalha
de lembranças difusas
e pensamentos confusos

Poço dos desejos

2Comentários

Esse troço de troco
que o moço do poço
do poço de desejos distribui...

Perguntei por qual razão
e ele respondeu-me com negação
dizendo que meu desejo
feito ao poço
e até o troço do troco
não se passa de ilusão.
E que tudo depende  de como anda nosso coração.

Pensamento

2Comentários
Fonte: find-happiness.com
"Quanto você passa, procuro sorver teu perfume.
Meus pensamentos buscam traduzir uma nova realidade"

Em meu próprio coração esculpo uma ferida
Somente você é o remédio,
pois não há como tirar-te da minha mente
já que lembranças não podem ser apagadas da memória.
Nem há como tirar-te do meu coração
pois nele há vestígios das marcas que o cupido deixou com as flechadas. Eu rejeitava, mas ele sempre voltava.
Meus pensamentos buscam traduzir uma nova realidade
para que eu não possa sentir saudade.
Não sofrer...
não chorar...
não me magoar.

Sonho

7Comentários
Ontem sonhei que teus beijos eram meus,
mergulhavamos em suspiros
e afogamo-nos em um mar de amor

foi tão exuberante
aquele momento abstrato
que abstraí-me dos fatos
pensando tudo ser real

Então, acordei-me
e junto veio a concreticidade
dos sentimentos tristes
fazendo-me odiar sonhar
pois o abstrato é algo que também pode machucar
e criar cicatrizes profundas...
Talvez, incuráveis.

Um pouco da França

1 Comentários
Fonte: Flickr @brunaig
Moça mediana
com belas tatuagens
entra no fast food
e pede para transmitir sua mensagem

Deixaram-na mostrar sua arte
e logo que a percebi
senti algo especial
não era nenhuma atração amorosa
tava mais pra algo angelical

Foi na parte onde era ao ar livre
pegou sua sanfona
e começou a distribuir França
e em mim apareceu um sorriso de criança
entendendo a mensagem

Ela me fez lembrar de um lugar
no qual nunca fui
mas fez-me sentir saudade
e toda a aquela simplicidade
estava apenas no seu tocar.

Conto - Lixo, de Luis Fernando Veríssimo

2Comentários
Fonte: www.veryicon.com

LIXO
  Luis Fernando Veríssimo






Encontram-se na área de serviço. Cada um com o seu pacote de lixo. É a primeira vez que se falam.

- Bom dia.

- Bom dia.

- A senhora é do 610.

- E o senhor do 612.

- Eu ainda não lhe conhecia pessoalmente...

- Pois é ... - Desculpe a minha indiscrição, mastenho visto o seu lixo ...

- O meu quê?

- O seu lixo.

- Ah...

- Reparei que nunca é muito. Sua família deve ser pequena.

- Na verdade sou só eu.

- Humm. Notei também que o senhor usa muito comida em lata.

- É que eu tenho que fazer minha própria comida. E como não sei cozinhar .

- Entendo.

- A senhora também .

- Me chama de você.

- Você também perdoe a minha indiscrição, mas tenho visto alguns restos de comida em seu lixo. Champignons, coisas assim.

- É que eu gosto muito de cozinhar. Fazer pratos diferentes. Mas como moro sozinha, às vezes sobra.

- A senhora... Você não tem família?

- Tenho, mas não aqui.

- No Espírito Santo.

- Como é que você sabe?

- Vejo uns envelopes no seu lixo. Do Espírito Santo.

- É. Mamãe escreve todas as semanas.

- Ela é professora?

- Isso é incrível! Como você adivinhou?

- Pela letra no envelope. Achei que era letra de professora.

- O senhor não recebe muitas cartas. A julgar pelo seu lixo.

- Pois é ...

- No outro dia, tinha um envelope de telegrama amassado.

- É.

- Más notícias?

- Meu pai. Morreu.

- Sinto muito.

- Ele já estava bem velhinho. Lá no Sul. Há tempos não nos víamos.

- Foi por isso que você recomeçou a fumar?

- Como é que você sabe?

- De um dia para o outro começaram a aparecer carteiras de cigarro amassadas no seu lixo.

- É verdade. Mas consegui parar outra vez.

- Eu, graças a Deus, nunca fumei.

- Eu sei, mas tenho visto uns vidrinhos de comprimidos no seu lixo...

- Tranqüilizantes. Foi uma fase. Já passou.

- Você brigou com o namorado, certo?

- Isso você também descobriu no lixo?

- Primeiro o buquê de flores, com o cartãozinho, jogado fora. Depois, muito lenço de papel.

- É, chorei bastante, mas já passou.

- Mas hoje ainda tem uns lencinhos.

- É que estou com um pouco de coriza.

- Ah.

- Vejo muita revista de palavras cruzadas no seu lixo.

- É. Sim. Bem. Eu fico muito em casa. Não saio muito. Sabe como é.

- Namorada?

- Não.

- Mas há uns dias tinha uma fotografia de mulher no seu lixo. Até bonitinha.

- Eu estava limpando umas gavetas. Coisa antiga.

- Você não rasgou a fotografia. Isso significa que, no fundo, você quer que ela volte.

- Você está analisando o meu lixo!

- Não posso negar que o seu lixo me interessou.

- Engraçado. Quando examinei o seu lixo,decidi que gostaria de conhecê-la . Acho que foi a poesia.

- Não! Você viu meus poemas?

- Vi e gostei muito.

- Mas são muito ruins!

- Se você achasse eles ruins mesmos, teria rasgado. Eles só estavam dobrados.

- Se eu soubesse que você ia ler ...

- Só não fiquei com ele porque, afinal, estaria roubando. Se bem que, não sei: o lixo da pessoa ainda é propriedade dela?

- Acho que não. Lixo é domínio público.

- Você tem razão. Através dos lixo, o particular se torna público. O que sobra da nossa vida privada se integra com a sobra dos
outros. O lixo é comunitário. É a nossa parte mais social. Será isso?

- Bom, aí você já está indo fundo demais no lixo. Acho que...

- Ontem, no seu lixo.

- O quê?

- Me enganei, ou eram cascas de camarão?

- Acertou. Comprei uns camarões graúdos e descasquei.

- Eu adoro camarão.

- Descasquei, mas ainda não comi. Quem sabe a gente pode... Jantar juntos?

- É. Não quero dar trabalho.

- Trabalho nenhum.

- Vai sujar a sua cozinha.

- Nada. Num instante se limpa tudo e põe os restos fora.

- No seu lixo ou no meu...





Foto Rasgada

0Comentários
Olá Leitores e Visitantes....   cri cri cri
Quem aí já rasgou uma foto por nela estar contido a imagem de alguém que te magoou e te fez faz sofrer?
Adianta alguma coisa guardá-la?
Mesmo que a outra parte da foto não apareça, há algo lá. Está transparente, mas que seu subconsciente consegue ver. Aquela borda branca acessa na sua mente lembranças do dia da foto, nos ouvidos há sussurros de frases faladas naquele momento(ou antes, e até após). Pode haver até um suspiro de saudade.


Não há porquê guardar uma foto rasgada.
A borda branca ondulada está marcada
São lembranças implícitas
que fazem o coração buscar lá no fundo um pequeno vazio
que agora está sendo preenchido... ou não. (brendo vieira)

De parar o trânsito

0Comentários
Fonte: depositphotos
Em casa...
Ela calçou seu tamanco
e colocou seu vestido que uma vez fora branco.
Passou umas químicas em sua cabeleira
e aparou mais uma vez as sobrancelhas...

Na rua...
Parou o trânsito
ora para ouvir caçoadas,
ora para passar na faixa de pedestre.

Boa Semana e Ausência

1 Comentários
Olá,
Estou deixando essa mensagem para avisar que estarei me ausentando do mundo blogueir por uns tempos
pois vou começar a procurar emprego.
Deixei de ser estudante porque não curto mais estar em casa "sem fazer nada". Esse sem fazer nada diz-se em relação a trabalhar. Estudar é bom, é bom demais. Mas para um menino/homem que sempre dependeu da mãe pra tudo não é bom. Sinto-me na responsabilidade de cuidar da casa já que sou o único homem da família.
Nunca tive ambição ou objetivos pra objetos pessoais ou bens. Mas agora que deixei de ser criança, vejo que preciso um pouco de ambição. Pois ela me dará força pra conseguir o que almejo.
Talvez assim, essa "Sindróme de Peter Pan"  suma da minha vida.

Boa Semana e Até Breve.

Frase

0Comentários
De land hover é fácil, é mole, é lindo
Quero ver chegar na gata donzela com prosa e romantismo. :]

Ressaca Moral

0Comentários
   
Fonte: mentalfloss



   Ressaca moral, de acordo com o editor de esporto do jornal folha online Eduardo Vieira meu tio...#sóquenão é: "Geralmente a ressaca moral, caracterizada pela dor psicológica de saber que você fez uma bobagem colossal, vem de mãos dadas com a ressaca do álcool". Mas também, a ressaca moral atinge também religiosos que cometem algum "pecado" e ficam com peso na conciência e se corroendo por dentro por semanas ter comedido tal pecado.
 
   Segundo a terapeuta sexual Arlete Gavranic, coordenadora do curso de pós-graduação em Educação e Terapia Sexual do Isexp (Instituto Brasileiro Interdisciplinar de Sexologia e Medicina Psicossomática), de nada adianta viver a culpa de modo destrutivo ou por muito tempo "Você deve assumir o erro, desculpar-se e tocar a bola para frente. Vitimizar-se e ficar o tempo todo se justificando não resolve nada. Só faz com que o episódio continue sendo comentado por mais tempo".


Editor de Video Online: WeVideo

3Comentários

Eu queria usar um programa que editasse vídeo que não fosse o Windows Movie Maker. Então tive que procurar outro. Mas minha irmã não deixa eu instalar nada no notebok dela e meu PC está com problemas.(na verdade é o monitor)
Procurei então, algum editor de vídeo que fosse tivesse uma interface organizada e robusta e uma  diversidade de ferramentas e recursos de edição. Após várias pesquisas (no oráculo google) achei esse programa.
O nome dele é WeVideo e possui diversas ferramentas TOTALMENTE ONLINE e eu posso acessar de qualquer lugar sem precisar instalar no meu computador e os videos podem ser enviados diretamente pro youtube. Mas exige que a internet seja boa  é totalmente em inglês.

WeVideo: http://www.wevideo.com






Playlist da Semana - Nostalgia

0Comentários
Por enquanto será "Playlist da Semana", mas não manterei esse título pois ele já é usado em um blog que sigo Just M Maybe e acho que estarei plagiando esse titúlo dela (mas também há em vários blogs também).

Decidi colocar essa seção no blog pois acredito que através da música podemos repassar algo que sentimos. E o melhor de tudo nosso sentimentos tem WI-FI e vai distribuindo o que sentimos a diversos cantores e compositores espalhados pelo mundo inteiro.


Estou definindo ainda os estilos musicais para cada dia. E, acredito que organizando assim, a cada semana aprenderei mais sobre uma banda nova e ainda mais sobre os estilos musicais.
MAS. Hoje não será assim.
Postarei um "MOMENTO NOSTALGIA" de músicas que marcaram minha triste vida adolescente. kkkkkkk 


  • Locura Automatica- Eddie Dee y La Secta
 

  •  Paso a Paso - Servando y Florentino

  • Since I Don't Have You - Guns'n Roses

  • Seamisai - Laura Pausini

  • Admirável chip novo - Pitty


  • Pensando em você - Rafael Barreto


Ansiedade

2Comentários
Foto: Divulgação
Estou super ansioso, pois quero fazer uma mudança radical no blog, mas não sei como nem por onde começar. Não sei lidar muito bem com as palavras, ou sei, mas não sei organizá-las em um texto nem mesmo nos 'rascunhos' que escrevo em um caderno que uso para anotações.
Bom, é muito difícil saber o que devo colocar no meu blog pois sou muito fechado e penso que a minha opnião de nada irá valer, e que isso será mais um negrume na minha vida.
Mas tentarei aos poucos organizar o que estou planejando. Vai que recebo dicas, críticas ou um livro de autoajuda rsrsrsrs.

Interdição

0Comentários
Ao deitar-me na cama antes de dormir
fecho meus olhos e reflito...

Pensei em interditar meu coração
nele só transitará sangue e todos os nutrientes
que ele bombeia para o resto do corpo
deixarei transitar também solidariedade
e o amor fraternal

Mas meu amor por tí não deixarei passar
pois ele me faz sofrer,
meu coração fica pesado com isso
e maldito é o cupido
de ter errado a flechada

Carrego agora
um fardo emocional muito grande
sou um anão e você é gigante
que tenho que derrotar a cada anoitecer

Minha visão fica turva
meu olhos tornam-se nuvems
e as lágrimas águas de chuva
onde o travesseiro as apara sem reclamar

Sinto muito...
mas tenho que meu coração interditar
para que ao anoitecer
eu não venha sofrer,
no travesseiro gritar, não chorar
não te amar..

Alimente-se

0Comentários
Ler é como comer
onde o cerébro vira estomago
e esofago são os olhos,
que interpretam e conduzem as letras
até o centro da nossa razão

Ao ler
os olhos enviam as letras ao cerebro
que as digerem tranformando-as em imagens
que somente quem lê é capaz de criar
e criamos nosso proprio mundo através da leitura.

Assim...
nos tornamos cozinheiros literários,
onde o livro sempre será o prato principal
e a leitura será a mais bela digestão.

 

Brendo Vieira © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates