Controle Paladar

Aumenta a dose dos teus gritos
e não deixe escorrer nenhuma gota de orgasmo falso
pois a bebida é malte puro
nossos pulos e lúpulos controlam o paladar

meu paladar controle
remoto na carne
discerne na epiderme
zapeando o que beijar

2 Comentários:

Elyane Lacerdda disse...

Gosto muito de seus poemas meio eróticos, sensíveis, que fazem arrepiar a pele!
Bjus
FELIZ NATAL!
http://www.elianedelacerda.com

Lola Mantovani disse...

Como você escreve bem
beijos

Postar um comentário

Obrigado por Comentar

 

Brendo Vieira © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates