ÂnCoração



A musculatura do coração já não aguenta essa pressão invisível, porém real.
Não suporta mais esse peso,
Parece que carrega algo feito de ferro ou algum outro metal pesado.


As vezes o ar que respiro se transforma em chumbo, manganês ou cádmio.
choro lágrimas de cloro e amônia
e o sangue absorve toda essa química
fazendo com que o coração pese também.

A musculatura do coração já não aguenta essa pressão invisível, porém real.
Gera algo tão pesado quanto a cruz de jesus
que chega a agarrar meu sistema nervoso.


Não suporto mais esse peso, que está a parecer como uma âncora... Pesada e que somente afunda

1 Comentários:

Carlos Rímolo disse...

Caro amigo Brendo!

Vim agradecer a retribuir a sua visita ao meu espaço. Me senti honrado com a sua presença. Obrigado pelo carinho.
Beijos de luz !!!
POETA CIGANO - 30/11/2012

http://carlosrimolo.blogspot.com

Postar um comentário

Obrigado por Comentar

 

Brendo Vieira © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates